Seguidores

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Cronograma / Julho de 2012

CRONOGRAMA DE JULHO DE 2012
MÊS DE FAZER A DIFERENÇA


 

             OBSERVAÇÃO

Queridos professores, como em todos os anos eu comentei, mais uma vez

reforço: julho é mês de férias escolar, com isso o número de crianças aumenta na

escolinha, por isso é a nossa oportunidade de lançar a Palavra de Deus. Escolhi

esse tema porque as crianças têm escolhido modelos (exemplos) errados. Ás

vezes, o modelo que ela tem é uma cantora que não é de Jesus, que suas vestes

são vergonhosas, seu linguajar ,enfim.... Precisamos mostrar para as nossas

crianças que o melhor modelo a ser seguido é Jesus, pois Ele é Perfeito em tudo.

Não esqueça que esse estudo é para todas as faixas etárias, sendo que para o

Primário e Juniores não precisa de uma mudança de linguagem. Mas para o

Jardim e Maternal é preciso fazer um resuminho e a linguagem deve ser mais

simples possível.

Dicas de como ensinar para Maternal e Jardim.

Da apostila de preparação de professores da E.B.FA.

Esta apostila está no blog.

Maternal- De 2 a 3 anos

Não tente ensinar longos versículos a estas crianças. Ensine somente pequenas

partes – 5 ou 6 palavras. Fale com ela em frases simples e curtas, repetindo-as

muitas vezes. Exemplo: Deus ama-te. Eu gosto de ti. Jesus é bom. Jesus é nosso

amigo. Deus é o nosso pai do céu. A Bíblia é um livro bom, etc.

Jardim-Dos 4 aos 6 anos

Estas crianças só conseguem prestar atenção por um curto período de tempo –

cerca de 2 minutos. O professor deve planejar muitas e diferentes atividades para

mantê-las interessadas. Cada segmento deve ser muito curto. Deve de haver uma

grande variedade de atividades em que as crianças possam participar. Os versículos

devem ser curtos – ainda somente 5 ou 6 palavras a não ser que estejam associadas

a uma canção. Então talvez consiga ensinar 10 a 12 palavras.

Estas crianças PRECISAM brincar; foi assim que Deus as fez. Por isso, o professor

deve procurar formas de ensinar as crianças através de brincadeiras. Exemplos:

fazer gestos como se fosse a pessoa descrita na história. Usar o teatro de dedos

para descrever a ação da história. Se estiver ensinando um versículo, eles podem

bater os pés ou mãos em cada sílaba das palavras. Estas crianças aprendem mais

por fazerem do que por ouvirem. É por isso que as peças de drama ou os gestos

podem ser tão eficazes.

Dê às crianças coisas que elas possam tocar. Exemplo: Elas podem cheirar as flores

que Deus fez; podem beber a água que Deus deu aos filhos de Israel, quando eles

tinham sede. Elas podem pegar em tábuas como aquelas que os soldados pegaram

para fazer uma cruz para Jesus, etc.

As crianças pré-escolares gostam muito da repetição, e precisam disso para

aprender. O professor pode continuar a mesma lição ou a mesma ideia durante duas

semanas, ou até mesmo, com alguma variedade, durante todo o mês. É também

importante rever os versículos (palavras da Bíblia) e a canções, dizendo ou cantando

vez após vez. As crianças pré-escolares raramente se cansam disto.

O professor pode repetir determinadas frases ao longo da história, pois estas

crianças gostam muito da repetição e do ritmo de uma conversa.

As crianças dessa faixa etária não compreendem muito bem os símbolos.

Geralmente pensam em termos muito literais, acreditando em cada palavra que o

professor diz, em termos concretos. Exemplo: Se um professor disser que Jesus é a

porta, elas pensam em Jesus como sendo uma porta física, feita de madeira e com

maçaneta. É melhor não entrar neste tipo de ensino e de versículos que usam

simbologia.

Por outro lado, as histórias bíblicas que mostram como Jesus é e como Deus é,

ajudam-nas a compreender o caráter de Deus. Quando elas vêem Jesus um ser

amoroso e simpático, elas compreendem que Ele é amoroso e simpático.

É óbvio que, as crianças pré-escolares, não tendo ainda frequentando a escola,

ainda não saibam ler nem escrever. Por isso, cartões com palavras não ajudam

nada, mas os cartões com figuras sim. A referência do versículo (onde se encontra

escrito) não tem importância para elas. É suficiente chamar ao versículo “palavras da

Bíblia”.

As gravuras devem ser realistas e não como desenho animado ou simbólicas. As

figuras de pessoas devem mostrar o corpo todo da pessoa, não somente o coração

ou a mão, por exemplo. Os fundos de cenário não precisam ser complicados. Os

detalhes desnecessários devem ser retirados da figura. Objetos como pedaços de

madeira ou peças de metal devem ser colados nas figuras para fazer figuras tipo

“toca e sente”. Estas crianças gostam de cores vivas como vermelho, verde, amarelo

e azul.    LIÇÃO 1 SEMANA DE 01 A 07 JESUS: EXEMPLO PARA O MEU VIVER   Texto Bíblico: “E o menino crescia, e se fortalecia em espírito, cheio de

sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele.” Lucas 2:40

Objetivo: Que a criança veja que o melhor exemplo a ser seguido é

Jesus.

Vamos à Palavra:

Quem é o seu modelo? Tem alguém especial para quem você olha e deseja ser

igual a ele ou a ela? Nós sempre nos espelhamos em alguém, não é mesmo? Nós

imitamos a forma de vestir, de falar, de agir de outras pessoas.

As redes de televisão, as revistas, os jogos, os desenhos, estão cheios de

personagens que, às vezes, achamos interessantes, bonitos, charmosos,

bacanas, que acabam, mesmo sem querer, se tornando modelo para muita gente.

Vamos ver alguns exemplos:

Os cantores - Há pessoas que passam a se vestir, pentear os cabelos, e até

mesmo, passam a viver como eles, perdendo a sua própria personalidade.

Nas ruas, muitas vezes nos assustamos, pois cada vez mais os jovens se

assemelham aos seus ídolos. Encontramos os Rebeldes, as Hannah Montana, os

emos, as fãs de Harry Potter, os fãs de High School Music, etc.

Mas, o que podemos entender como um modelo? Alguém que passamos a

reproduzir os gestos, atitudes, a quem passamos a imitar. Vamos conhecer,

nesses dias, o Modelo perfeito em tudo, a pessoa mais interessante, perfeita,

completa, e maravilhosa para ser nosso referencial em tudo. Quer conhecê-lo? É

com muita alegria que lhe apresentamos: JESUS.

Jesus não nasceu já um homem adulto. Jesus nasceu como qualquer criança

nasce nesta Terra. Sua mãe o esperou por 9 meses até que nascesse um

bebezinho como você, quando nasceu. E Ele cresceu como você está crescendo.

Teve que aprender a ler, a escrever, tinha amigos, brincou, ajudou seus pais,

como qualquer outra criança, como você mesmo.

Qual a diferença? Jesus sabia quem Ele era, quem era Seu Pai. E você? O

Evangelho de Lucas, no capítulo 2, versículo 40, diz que Ele crescia. Isso mesmo!

Ele passou pelas mesmas dificuldades de crescimento que você. Teve que aprender

a andar (imagine Jesus engatinhando, como qualquer bebê!), aprender a falar, etc.

E o versículo continua dizendo que Ele se fortalecia em espírito, cheio de sabedoria.

O que você entende por se fortalecer em espírito? Desde pequeno, mesmo seus pais

físicos (José e Maria) sabendo que Ele era filho de Deus, sabiam que Ele precisava

aprender, como todas as crianças da Sua idade, a Palavra de Deus. Com isso, Seu

espírito era fortalecido e Ele adquiria sabedoria.

Vamos mudar os nossos modelos? Vamos conhecer esse Modelo maravilhoso que é

Jesus, e, como Ele, crescer e fortalecer o nosso espírito?

Sabe o que mais diz o versículo 40? Diz que a graça de Deus estava sobre Ele. Essa

mesma graça virá sobre você, também, se aprender a viver como Ele viveu. Você

quer?

CONCLUSÃO:

Vamos estudar sobre Jesus, como Ele agia, como falava, como orava, como se

relacionava com as pessoas. Vamos ser mais íntimos d'Ele e as pessoas verão em

nós algo diferente, verão a graça do nosso Pai na nossa vida, pois teremos como

nosso Modelo JESUS.

SUGESTÃO DE MÚSICA:

SIM JESUS – ALINE BARROS   LIÇÃO 2 DE 08 A 14 JESUS: EXEMPLO PARA O QUE EU APRENDO   Texto Bíblico: E todos os que o ouviam admiravam a sua inteligência e

respostas. Lucas 2:47

Objetivo: Que a criança entenda que ela precisa aprender mais das

coisas de Deus, para tornar-se forte.

Vamos à Palavra:

Jesus foi criança como qualquer criança que nasceu e nasce nesta Terra todos os

dias. Embora fosse o Filho de Deus, precisava conhecer a realidade do homem,

por isso era de carne e osso como nós. E enfrentou as mesmas coisas que você

vive no seu dia-a-dia.

A Bíblia não fala muito sobre o tipo de educação que era dada às crianças, mas,

pela história, podemos aprender algumas coisas. Por exemplo: O propósito inicial

da educação dos judeus era ensinar as crianças a entender melhor seu

relacionamento com Deus. Queriam que elas aprendessem a servir a Deus e a ter

uma vida santa. Ensinavam sobre a história da Nação, começando do passado

quando Deus resgatou Seu povo.

E as crianças aprendiam de várias formas. A princípio, recebiam ensinamentos de

seus pais em casa. Aprendiam sobre sua religião frequentando os cultos de

adoração e participando de festas religiosas. Os meninos recebiam uma educação

mais formal dos líderes religiosos, indo para a escola aprender as Escrituras e

outros assuntos. Os judeus reconheciam que o conhecimento era importante, não

tanto por projetá-los no mundo, mas, principalmente, porque poderia ajudá-los a

conhecer e a amar a Deus.

Além disso, aprendiam sobre as Escrituras e sobre o que Deus queria do povo judeu;

aprendiam sobre as festas anuais e festivais religiosos. Aprendiam que a Páscoa

comemorava o livramento de seus ancestrais da escravidão no Egito. Em

Pentecostes, o povo lembrava-se que Deus entregara a Lei a Moisés, no Monte

Sinai. A Festa dos Tabernáculos, com suas barracas feitas de três galhos,

comemorava a fidelidade de Deus aos judeus na sua jornada aparentemente

infindável até a Terra Prometida.

Participando dessas práticas religiosas, as crianças aprendiam não só sobre as

tradições da Nação, mas também sobre a atuação de Deus em suas vidas.

E foi assim que Jesus cresceu em conhecimento, em sabedoria.

E você que está crescendo? O que tem aprendido? O que tem trazido conhecimento

para você?

Hoje as crianças passam muito tempo na Escola, na frente da televisão, na Internet,

no celular, nos jogos, e recebem muito pouco conhecimento da Palavra de Deus, não

é verdade?

Você já parou para pensar se todas as coisas que estão entrando na sua mente são

boas para o seu crescimento? Elas o ajudam a ter uma vida santa? Elas o ensinam a

servir a Deus com alegria?

Jesus é o nosso Modelo. Então precisamos aprender a viver como Ele. Jesus

recebeu conhecimento, sabedoria e nós precisamos disso também. Onde vamos

encontrar isso? Na Bíblia, na Igreja e, principalmente, em casa.

Vamos deixar de ouvir as músicas do mundo para ouvirmos as músicas que exaltam

o nome do Senhor. Vamos jogar fora aqueles jogos de vídeo-game de guerra, de

morte, de feitiçaria, que só derramam sangue, e vamos usar as nossas mãos para

algo mais útil, como abrir a sua Bíblia para ler?

CONCLUSÃO:

Precisamos, também, tomar algumas decisões muito sérias. Não podemos deixar

que coisas ruins entrem na nossa mente e nos encham de maus ensinamentos!

Então, vamos deixar de assistir filmes de terror, de feitiçaria, novelas, desenhos de

violência, e vamos assistir filmes, programas e clips, que exaltem a glória de Deus?

SUGESTÃO DE MÚSICA

MÚSICA - FEZ TUDO POR MIM – DAIANE DAMASCENO     LIÇÃO 03 DE 15 A 21 JESUS: EXEMPLO PARA CUIDADO COM MEU CORPO     Texto Bíblico:Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de

Deus habita em vós? 1Coríntios 3:16

Objetivo: Que a criança entenda que ela precisa cuidar do seu

corpo, que é o templo do Espírito Santo.

Vamos à Palavra:

Muito bem! Agora vamos ver uma outra área em que Jesus crescia. Lucas diz que

Ele crescia em estatura. O que é isso?

Os dicionários dizem que estatura é altura, tamanho do ser vivo. Então, vamos

entender que, enquanto Jesus crescia em Seus conhecimentos, que Lhe traziam

sabedoria, também crescia em Seu corpo físico, crescia em tamanho, em altura.

Você está crescendo também. E, por isso, precisa tomar cuidado com o seu

corpo, para que não fique enfermo, não tenha problemas no seu crescimento.

Nosso corpo é o templo do Espírito Santo, como está escrito em I Coríntios 6.19:

“Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em

vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” Somos a casa de

Deus na terra. Você acha que o Espírito Santo vai querer morar em uma casa de

cheia de doença? É claro que não! A casa favorita de Deus não pode ser

fraquinha, raquítica, doente.

Vamos, então, aprender alguns segredinhos básicos para que tenhamos um

crescimento saudável e sejamos casas lindas e fortes para o Senhor.

Começamos pelos nossos dentes. É! Você sabia que dentes mal cuidados, com

cárie, podem trazer muitos problemas para o nosso corpo, até mesmo prejudicar o

nosso crescimento? É verdade. Por isso, ir ao dentista é muito necessário. Além de

outros cuidados simples, como: os dentes serem escovados após qualquer refeição,

ao acordar e antes de dormir. O uso regular de fio dental também é necessário uma

vez que a escova não alcança os restos de comida que ficam entre os dentes. E,

olhe, mascar chiclete por mais de vinte minutos num dia "cansa" a mandíbula e pode

estragar os dentes.

E os cuidados com a higiene do corpo? Muitas doenças existem por causa da falta

de cuidado com a higiene: por não tomar banho direito, não lavar os cabelos

corretamente, não limpar os ouvidos, não lavar as mãos etc.

Você sabia que a sujeira, também, dificulta o nosso crescimento? Cabelos sujos

facilitam o aparecimento de piolhos, as unhas sujas podem nos infestar com vermes

e nos levar a contrair doenças que podem influenciar em nosso crescimento. E isso é

só uma pequena parte do que pode acontecer.

E quanto à alimentação? O que você come é saudável? Contribui para o seu

crescimento ou você vive comendo bobagens? Será que você é daquelas meninas

que vivem preocupadas em não engordar e por isso não comem? Ou você é

daqueles que não estão nem um pouco preocupados com isso e comem tudo o que

aparece pela frente?

Grande parte dos problemas no crescimento existe por causa de uma má

alimentação. Nosso corpo precisa de frutas, verduras, legumes, arroz, feijão, leite,

carne, etc., para crescer de forma saudável. A pizza, o sorvete, o sanduíche, o

refrigerante, são muito legais, mas não nos alimentam.

CONCLUSÃO:

Já que tomamos a decisão de ter Jesus como nosso exemplo, vamos cuidar do

nosso corpo e oferecer para o Senhor uma casa bonita, saudável e cheia de vida,

para que Ele possa estar em nós e nos usar para fazer crescer o Seu reino.

SUGESTÃO DE MÚSICA:

MÚSICA: GINÁSTICA DE DEUS - ELAINE DE JESUS     LIÇÃO 05 DE 22 A 28 JESUS: EXEMPLO PARA MINHAS AMIZADES     Texto Bíblico: E ouviu-se uma voz dos céus, que dizia: Tu és o meu Filho

amado em quem me comprazo. Marcos 1:11

Objetivo: Que a criança entenda que a melhor amizade que existe é a

amizade do Senhor, Ele é amigo Fiel.

Vamos à Palavra:

Queridos, hoje vamos aprender sobre o melhor amigo que Jesus tinha quando

estava aqui na Terra. Alguém sabe quem é? O Senhor Deus. Mesmo sendo Filho

de Deus, o Senhor era o melhor amigo que Jesus tinha.Tudo o que Jesus fazia

era para agradar o Pai. E você tem agradado ao Senhor?

Como agradamos ao Senhor? Andando nos seus caminhos, cumprindo sua

palavra. Esse exemplo Jesus nos deu.Como podemos nos tornar amigos de

Deus???

Como você conquistou seus colegas? Você se lembra dos primeiros dias de aula,

quando você não conhecia ninguém? O que você fez? Foi chegando perto de

algumas pessoas e elas foram-se aproximando de você. Começaram a conversar,

a compartilhar algumas coisas como material escolar, lanche, depois foram

brincar juntos, rir das coisas engraçadas, até chorar com a dor do outro. Hoje são

amigos, não é mesmo?

Com o Senhor não é diferente. Primeiro precisamos querer nos aproximar d'Ele,

chegar perto, estar na Sua presença. Hoje temos o privilégio de chegar diante d'Ele.

“Nada nos impede de conversar com Ele, de sermos acariciados por Ele, de sermos

ensinados por Ele.

Como vamos nos aproximar, com confiança, d'Ele? Da mesma forma que Jesus

fazia, afinal, Ele é o nosso Modelo. Ele conversava tudo com Seu Pai, orava

constantemente. “E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte.”

(Mateus 14:23). “E, tendo-os despedido, foi ao monte a orar.” (Marcos 6:46); “E

aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a

Deus.” (Lucas 6:12). Em Lucas 11, Jesus não só ora como ensina Seus discípulos a

orar. Orar é falar, conversar, abrir o coração, não só repetir palavras decoradas.

Nesse momento gostoso, também O adoramos, declaramos o nosso amor. Vamos

começar a buscar a graça de Deus sobre nós, aproximando-nos d'Ele?

CONCLUSÃO:

É tão fácil ser amigo de Deus, basta fazer a sua vontade. A vontade de Deus é que

nós andemos na sua Palavra e quem obedece a Palavra passa a ser amigo de Deus.

SUGESTÃO DE MÚSICA:

DIANTE DO TRONO -INIMIGO DO MAL

Pesquisas no site:

http://www.montesiao.pro.br/estudos/crianca/celulas/ecc223.html     LIÇÃO 05 DE 29/07 A 04/ 08   RESUMÃO   Escolha a lição que mais falou ao seu coração e reaplique para as crianças, mas

busque atividades e músicas diferentes, para não ficar cansativo para elas.     FONTE: www.escolinhadagraca.blogspot.com

2 comentários:

  1. muito criativo e dinâmico esse método ,vou usar.

    ResponderExcluir
  2. Fique a vontade, sempre que precisar pode voltar....Boa aula!

    ResponderExcluir